HISTÓRIA

Fundado em 18 de novembro de 2014, o Doze Futebol Clube iniciou suas atividades no futebol profissional visando a disputa da Série B do Campeonato Estadual do Espírito Santo de 2015.

Jonilson no Doze FC

Jonílson foi vice-campeão da Série B pelo Doze.

Com as lendas Aguinaldo Sorato e Carlos Germano comandando a comissão técnica e um ótimo grupo de atletas, capitaneados pelo experiente Jonílson (de passagens por grandes clubes brasileiros como Atlético Mineiro, Botafogo, Cruzeiro, Vasco, entre outros), o clube foi destaque da competição na qual sagrou-se vice-campeão, conquistando assim o acesso a Série A do campeonato estadual.

Após a conquista do vice-campeonato da Série B, o Doze FC foi para a disputa da Copa Espírito Santo 2015. A campanha não foi boa, mas ainda assim o clube conquistou vitórias sobre Vitória e Desportiva Ferroviária, tradicionais clubes locais. O destaque destaque daquela competição foi o volante William Oliveira, que disputou 7 partidas e impressionou por sua capacidade física e ótimos desarmes. O jogador se transferiu do Doze para o Madureira, onde disputou o Campeonato Carioca 2016, novamente com destaque. Ao fim do estadual, William foi emprestado ao Vasco da Gama, onde jogou várias partidas como titular do clube na campanha da Série B do Campeonato Brasileiro.

Na disputa da Série A do Campeonato Capixaba, em 2016, o Doze Futebol Clube atingiu o objetivo de permanecer-se na principal competição do estado por mais um ano, se consolidando como um clube da primeira divisão. Foi a última competição de jogadores que marcaram época no clube, como o lateral direito Gabriel Fernandes, o volante Jonílson e os atacantes Andinho e Charles, sendo este último o artilheiro do clube no campeonato.

Doze FC faz historia

Doze vence Desportiva, Rio Branco e Vitória em campanha histórica no Capixabão 2017.

No Capixabão 2017 o Doze trabalhou forte e terminou a competição como vice-campeão, ficando muito próximo do título, que ficou com o Atlético Itapemirim, após duas grandes partidas na final do torneio.

Na primeira fase da competição foram 6 vitórias, 1 empate e apenas duas derrotas e um grande feito conquistado: a equipe derrotou o chamado “trio de ferro” da capital, ao vencer o Rio Branco (3×1), a Desportiva (1×0) e  o Vitória (4×2), feito que nenhum outro time havia conseguido desde 2013.

As semifinais foram diante do rival Espírito Santo FC, equipe que em 2015 ficou com o título da Série B, após vencer o Doze na última rodada. Dessa vez quem comemorou foi a torcida do Doze, que ficou com a vaga da final do Capixabão 2017 após dois empates no estádio Kléber Andrade, por ter tido melhor campanha na primeira fase do campeonato.

Era hora de ir em busca do título. O adversário da final foi o Clube Atlético Itapemirim, que também disputava sua primeira final de Campeonato Capixaba. O primeiro jogo foi no estádio Kléber Andrade, onde o Doze Futebol Clube fez um grande jogo, abriu dois gols de vantagem com Lucas Balbino e Marcone, porém o adversário conseguiu o empate nos acréscimos da partida e levou a vantagem do empate para a segunda partida da final.

No segundo e decisivo confronto, sob um verdadeiro dilúvio no Estádio Sumaré, o lateral direito Cássio abriu o placar para o Doze, após linda cobrança de falta, logo no início do segundo tempo. Infelizmente, porém, o adversário conseguiu reagir, virou a partida e terminou com o título.

Doze FC vice-campeao capixabao 2017

Equipe do Doze Futebol Clube, vice-campeã do Capixabão 2017. Estiveram fora das finais o zagueiro Iago e o atacante Nilo, artilheiro da equipe.

Há que se deixar claro que o vice-campeonato foi muito valorizado pelo clube e seus torcedores, que enviaram diversas mensagens nas redes sociais parabenizando o clube e o elenco pela campanha realizada. Afinal de contas, em menos de três anos de existência, o Doze Futebol Clube conseguiu o acesso a primeira divisão do Campeonato Capixaba e chegar a final do principal torneio do estado.

#VemComODoze

 

Doze FC - Gols no Capixabão 2017